Invest Barbados

 

A Invest Barbados Receberá Fundos Adicionais para Fazer Marketing das Vantagens do Novo Regime de Tributação de Barbados


2019-02-07 00:00:00

Barbados é internacionalmente reconhecida como uma jurisdição atrativa para os negócios globais de substância. Comprometido com altos padrões, o país coloca ênfase na competitividade, ao mesmo tempo em que oferece aos seus clientes previsibilidade e segurança para os seus investimentos. A recente introdução de um novo regime de tributação aumentou ainda mais a atratividade de Barbados. Reconhecendo este como o momento mais oportuno para informar as vantagens aumentadas aos investidores, o Governo de Barbados fornecerá à Invest Barbados (IB), a agência do país para a promoção dos investimentos, fundos adicionais para aumentar os seus esforços de marketing.

A Primeira-Ministra, Mia Amor Mottley, Q.C., M.P., observou que “... eu concordei que recursos adicionais de marketing fossem disponibilizados à Invest Barbados por causa do novo regime”. Ela também endossou a relação já consagrada entre a IB e o setor privado, declarando que “nós reconhecemos que as atividades de marketing neste setor sempre têm sido as melhores quando elas são conduzidas não só pelo governo, mas sim com setor privado e o governo trabalhando de forma colaborativa, a fim de conseguir divulgar as informações”.

Em relação à posição melhorada na condição de jurisdição depois das mudanças nas leis, a Primeira-Ministra Motley opinou que se as pessoas não conhecem nada sobre um produto, elas não o compram. “O mundo é o nosso negócio e o nosso negócio é o mundo”, ela declarou.

Os comentários da Primeira-Ministra vieram com sua fala durante as celebrações do 20º aniversário do Cidel Bank and Trust Inc., uma das principais companhias globais de finanças sediadas em Barbados. Em 2007, a companhia estabeleceu o Cidel Bank Canadá, o primeiro banco canadense sediado em Barbados. O Cidel também possui operações na África do Sul e na América Latina e gerencia mais de $ 6 bilhões em ativos de indivíduos de patrimônio líquido elevado e de instituições. A companhia emprega 175 pessoas, 90 das quais são residentes em Barbados. Em seu discurso, o Vice-Diretor do Cidel, Adrian Meyer, prometeu à Primeira-Ministra que a sua companhia continuaria a dar a sua “fatia justa” de contribuição ao fornecer empregos significativos e de alto salário, ao ajudar no ingresso importante de moeda estrangeira e ao pagar os seus tributos.


Adaptado dos jornais Barbados Advocate e Barbados Today




Events






Events