Invest Barbados

 

ADT entre Barbados e a República Italiana Entra em Vigor


2017-11-01 00:00:00

O Acordo de Dupla Tributação (ADT) entre o Governo de Barbados e a República Italiana entrou em vigor, conforme o previsto no Artigo 30 do Acordo.


Os instrumentos de ratificação para a Convenção para Evitar a Dupla Tributação em Relação a Impostos sobre a Renda e a Prevenção da Evasão Fiscal foram trocados entre o Ministro da Indústria, dos Negócios Internacionais, do Comércio e do Desenvolvimento das Pequenas Empresas, Donville Inniss, e o Embaixador e Enviado Especial ao Caribe da República Italiana, Paulo Serpi.


A entrada em vigor do ADT entre Barbados e a República Italiana representa não só os passos largos e firmes de Barbados para expandir a sua rede de acordos, mas também sinaliza o desejo do país de fomentar relações mais próximas com a Itália e a União Europeia em particular.


Os Acordos de Dupla Tributação têm sido reconhecidos como um dos mecanismos mais eficientes para o desenvolver relações econômicas novas e para fortalecer as já existentes entre os países.


A negociação destes acordos é, portanto, um elemento crítico de uma estrutura para desenvolver oportunidades substanciais de comércio e de investimentos. Eles facilitam os empreendimentos conjuntos, a redução de impostos e os custos relacionados aos negócios, a troca de informações fiscais, a redução de impedimentos fiscais ao comércio e os investimentos entre as fronteiras.


Barbados continua a se promover agressivamente como um centro internacional legítimo de negócios e de serviços financeiros. A sua característica distintiva como economia de serviços e como uma base estratégica para investimentos em outros mercados a tornou uma jurisdição atrativa para se conduzir os negócios.


É com base nisso que esta oportunidade deve ser aproveitada, para cultivar uma aliança estratégica de negócios, o que pode beneficiar tanto Barbados quanto a República Italiana.


O ADT entre Barbados e a Itália agora faz chegar o número de acordos a 38.

 

 

Adaptado do Serviço de Informações do Governo de Barbados